Organizar a vida financeira da família nem sempre é tarefa fácil.

As vezes falta clareza de como fazer.

Outras vezes faltam as ferramentas adequadas.

Em algumas faltam tempo para conseguir olhar para o dinheiro e analisar o que tem acontecido com ele.

E por mais que você queira organizar a vida financeira na sua casa, parece que você nunca chega onde gostaria.

Igual aquelas pessoas que querem começar a fazer uma atividade física, mas ficam só no desejo porque nunca começam de verdade.

Ou se começam, em menos de 3 meses já desistiram e voltam para os velhos hábitos.

Elas pensam que não possuem disciplina, só que a verdade é que elas não possuem razões fortes o suficiente para continuarem fazendo exercícios.

E você talvez ainda não tenha uma quantidade adequada de motivos que faça você manter sua vida financeira organizada sem que isso se torne cansativo, como se você tivesse que caminhar no deserto sem nenhuma garrafa de água.

Sabendo disso, o que eu vou te oferecer neste post é uma lista de 5 razões pelas quais você e seu cônjuge devem organizar a vida financeira de vocês, juntos.

Continue lendo e se aproprie de algumas delas, ou de todas elas, para aumentar a sua motivação e garantir que vocês consigam manter o dinheiro sob controle.

Por que fazer a organização financeira juntos(as)?

A principal bandeira que eu levanto com o meu trabalho de educação financeira para casais é que o dinheiro que cada um de vocês recebe não foi produzido para cada um usar individualmente.

Quando vocês escolheram se juntar e constituir uma família, ela se tornou o motivo principal de vocês continuarem trazendo dinheiro para dentro de casa.

Vocês podem continuar usando parte do dinheiro de forma individual?

Claro que sim, e é por isso que eu falo tanto no Baú da Felicidade dentro do Método C.O.R.E..

Clique na imagem para ler o post sobre o Baú da Felicidade

No entanto, a maior parte da renda que vocês recebem é para a manutenção da casa e para que vocês possam realizar os sonhos que possuem.

Então, se o bem comum é a família, nada mais inteligente do que manter a organização financeira de vocês de uma maneira unificada, conjunta.

Isso poupa tempo, energia, evita brigas, infidelidades financeiras e gera mais união entre o casal.

Portanto, se na sua casa o dinheiro é administrado separadamente, convido vocês a repensarem essa estratégia e seguirem por um caminho mais eficiente.

Eu mostro exatamente como no meu ebook gratuito chamado “Sempre com Dinheiro no Bolso”.

Clique aqui e baixe ele agora mesmo.


5 razões poderosas para organizar a vida financeira de vocês

Como diz uma famosa frase de William Shakespeare:

“Todas as graças da mente e do coração se escapam quando o propósito não é firme.”

Para que sua organização financeira se mantenha firme pelo maior tempo possível, como se fosse criar raízes profundas na terra, vou comentar cada uma das 5 razões aqui abaixo.


1) Para ter mais segurança

Quanto mais vocês conhecem a sua realidade, mais vocês sabem quais são seus limites e até onde podem ir sem prejudicar seu corpo ou sua vida.

Por isso, manter a vida financeira de vocês organizada é tão importante, porque isso vai permitir que tomem decisões seguras, jamais dando um passo maior do que a perna.

Aqui em casa, por exemplo, como já mantemos nossas finanças organizadas há mais de 4 anos, sabemos em detalhes como é o funcionamento do nosso dia a dia e até onde podemos ir com os nossos gastos.

Se queremos incluir algo no orçamento, como uma natação para os meninos, por exemplo, ao conhecer a nossa realidade eu e a Dani já sabemos se é possível fazer isso agora ou não.

E caso não seja possível neste momento, já sabemos quanto terá que ser nossa renda para que a natação dos meninos seja possível.


2) Para ter mais previsibilidade

Uma das etapas do processo de organização financeira é definir um orçamento doméstico, ou um Plano Consciente de Gastos, como eu prefiro chamar.

Com ele vocês vão prever como vai ser sua realidade financeira antes mesmo dela acontecer.

De uma forma muito simples, vocês vão conseguir projetar pelo menos um mês adiante do mês atual e poderão analisar como será seu futuro mesmo antes de viver ele.

Se o futuro não agradar, vocês terão tempo de sobra para fazerem alguma coisa e direcionarem ele para onde querem.


3) Para ter mais equilíbrio

A melhor estratégia de organização financeira que eu conheço é a Estratégia dos Potes.

O propósito dela é dividir toda a renda da família em 6 potes, distribuindo em cada um deles um percentual dessa renda.

E é essa distribuição que faz com que a vida financeira de vocês tenha um equilíbrio que provavelmente nunca teve antes.

Porque seguindo a estratégia vocês vão ter dinheiro disponível para:

  • Contas da casa
  • Diversão
  • Sonhos e objetivos
  • Aposentadoria
  • Educação
  • Doação

E vão fazer o dinheiro cumprir seus 4 papéis principais, que são:

  1. Dar segurança para a família;
  2. Dar liberdade para se divertir e para realizar os sonhos da família;
  3. Preparar uma aposentadoria tranquila;
  4. Fazer o bem para outras pessoas.

4) Para realizar sonhos

Com organização financeira o dinheiro vai sobrar na sua casa.

No Método C.O.R.E. pode sobrar até 20% da renda familiar em apenas 8 semanas.

E isso vai permitir vocês pouparem e realizarem os sonhos que possuem para o futuro.


5) Para ter liberdade

Tendo segurança, previsibilidade, equilíbrio e conseguindo realizar sonhos a consequência é que você e seu cônjuge sintam mais liberdade.

Liberdade para usarem o dinheiro sem limitações.

Liberdade para viverem uma vida que vale a pena viver.

Liberdade para enriquecerem até onde quiserem.

Sem amarras, sem surpresas, apenas com organização e planejamento.


Como organizar a vida financeira

Agora que vocês têm 5 motivos poderosos para organizarem a vida financeira da família é hora de saber como fazer isso.

Vou te mostrar todo o processo em 5 passos.


1) Fazer a Fotografia Financeira

A primeira coisa a fazer é fazer um retrato da sua vida financeira atual.

Quanto vocês ganham.

Quantos vocês gastam.

No que vocês gastam.

Se não tiverem todas as informações detalhadas, deem um chute aproximado.

Isso pode ser feito numa folha de papel, onde vocês vão colocar as receitas de um lado e os gastos do outro.

No vídeo abaixo eu mostro em detalhes como fazer sua fotografia financeira.


2) Montar o Orçamento Doméstico (ou Plano Consciente de Gastos)

Pegando o que vocês anotaram na Fotografia Financeira, chegou a hora de projetar o próximo mês com base nesses valores.

Definam uma fronteira para cada tipo de gasto que vocês possuem.

Ou seja, aquele valor máximo que pretendem gastar ao longo do mês com base na experiência dos meses anteriores.

Não se sintam mal se no primeiro mês não conseguirem ficar dentro do previsto.

A organização financeira segue um processo de melhoria e em até três meses é provável que vocês estejam acertando mais de 70% do orçamento doméstico da casa.


3) Acompanhar os gastos

Com o PCG (Plano Consciente de Gastos) pronto, definam um dia e um horário da semana para você e seu cônjuge sentarem e acompanharem os resultados de vocês numa planilha ou num bloco de anotações.

Anotem tudo o que foi gasto dentro de uma das categorias que vocês definiram.

Se possível, definam um tempo máximo de 20-30 minutos para fazer isso.

É isso o que vai garantir a disciplina de vocês na hora de cuidar do dinheiro.


4) Analisar os resultados

Depois de fazerem o acompanhamento, é fundamental que vocês analisem quanto ainda podem gastar do orçamento para cada tipo de gasto.

Por exemplo: se vocês possuem um orçamento de R$ 1.500,00 para mercado e nas duas primeiras semanas do mês já gastaram R$ 900,00, sabem que vão ter só mais R$ 600,00 para usar.

Então, podem dividir os R$ 600,00 pelas duas semanas que faltam para acabar o mês e saber que podem gastar R$ 300,00 por semana para que o orçamento não seja extrapolado.

E ao final do mês, sentem juntos por 40-60 minutos para analisarem como foi o planejamento de vocês do mês que está acabando e para fazer o PCG do mês que vai começar.


5) Melhorar todo o processo

Depois de terem planejado, acompanhado e analisado todo o uso do dinheiro de vocês, garantindo uma boa organização financeira, é hora de melhorar todo o processo.

Para isso, basta vocês verem o que vocês acertaram para poderem repetir e o que não acertaram para que possam corrigir e fazer um orçamento melhor no próximo mês.

Definiram um orçamento de R$ 1.500,00 para mercado, mas acabaram gastando R$ 1.800,00?

Se perguntem: “o que foi responsável por essa diferença?”

Caso vocês tenham se empolgado com alguma compra e gastado com coisas que podem ser evitadas, é só ter claro isso na cabeça para que no mês seguinte não volte a acontecer.

Agora, caso tenham gastado a mais por conta da inflação no preço das coisas, talvez seja o caso de aumentar o orçamento do mercado e reduzir de outras coisas.

Não tem certo ou errado, vocês é que vão decidir o que é melhor para a família.

O importante é que seja uma decisão consciente baseada em informações, não um “achismo” que veio do nada e que não possui um bom embasamento.


Como fazer sobrar dinheiro logo no primeiro mês

Se você já tentou organizar sua vida financeira outras vezes, mas sem sucesso, quero de oferecer a minha ajuda neste processo de devolver o controle do seu dinheiro de novo para as suas mãos.

E, ainda, fazer sobrar dinheiro no seu bolso logo no primeiro mês que você aplicar tudo o que você vai ver dentro do Método C.O.R.E., que é a espinha dorsal do Programa Liberdade Financeira Familiar.

Para ter acesso ao programa e contar com a minha ajuda é só clicar aqui e se inscrever no treinamento.

Depoimento do Pedro Abreu sobre o Método C.O.R.E. que ele aplicou e que permitiu ele organizar a vida financeira da família dele de uma maneira muito mais eficiente.
Depoimento da Marcela Melo sobre como o Programa LFF ajudou ela a organizar a vida financeira da família e a transformar os resultados que eles vinham tendo para muito melhor.

Conclusão

Para acabar de vez com a falta de disciplina e conseguir organizar a vida financeira da sua casa, escolha uma ou mais razões das que deixei para você nesse texto para te servirem de motivação.

Seja para ter mais segurança, mais previsibilidade, mais equilíbrio, realizar sonhos ou ter mais liberdade, o importante é que você consiga se manter firme e constante ao processo.

No final das contas, é isso o que vai fazer diferença de verdade.

É assim que você vai garantir uma vida mais plena para a sua família e vai fazer sua vida valer a pena.

Agora que você chegou até aqui, o que você achou deste conteúdo? Me conte nos comentários.

0 0 votes
Article Rating

Quer fazer sobrar parte da sua renda TODO mês?

Então clique no botão para baixar o material!

Sobre o Autor

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Solicitar exportação de dados

Utilize este formulário para solicitar uma cópia dos seus dados neste site.

Solicitar remoção de dados

Utilize este formulário para solicitar a remoção dos seus dados neste site.

0
Would love your thoughts, please comment.x